Deep Techs e Startups

Confira como foi o II DemoDay Minas e quem são as startups envolvidas

23/novembro/2014

Confira como foi o II DemoDay Minas e quem são as startups envolvidas

No dia 13 de Novembro ocorreu o II DemoDay Minas, um dia de exposição das principais startups do Estado de Minas Gerais. O evento foi realizado por nós (Wylinka), o programa SEED (Startup and Entrepreneurship Ecosystem Development) e pelo Governo do Estado de Minas Gerais, contando com patrocínio do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) e SEBRAE, e sendo apoiado pela Associação Brasileira de Private Equity & Venture Capital (ABVCAP), Associação Comercial e Empresarial de Minas (ACMinas), Anjos do Brasil e Rede Mineira de Inovação (RMI).

Dentre as startups que estiveram presentes, tivemos os segmentos de Comércio Eletrônico, Educação, Energia e Tecnologia Limpa, Finance, Mídia ou Rede Social, Saúde e Biotecnologia, Soluções B2B e Tecnologia Móvel e Sem Fio. O evento também celebrou o encerramento da segunda rodada de aceleração do SEED do Governo de Minas, programa executado pela Wylinka nessas últimas duas rodadas. Para nós, foi uma honra estar a frente de tão grande programa, vivenciando cada impacto gerado por meio das estratégias desenvolvidas para estímular o Ecossistema de Empreendedorismo e Tecnologia de Minas Gerais — uma missão grandiosa e considerada por muitos como utópica. Utopia ou não, decidimos encarar o desafio e podemos colher nesse demoday o fruto de um enorme impacto, que tem como pilares centrais os empreendedores, o Escritório de Prioridades do Governo de Minas e as outras empresas que participaram na gestão do programa conosco, como o Laboratório de Inovação Tropos Lab, a Gestaff e o Impact Hub Bh.

Além da exposição e dos pitchs, o II DemoDay Minas trouxe Alex Tabor, fundador do Peixe Urbano, para falar um pouco sobre sua jornada. Trouxe também o painel “Post Money, e agora?” — sobre investimentos — envolvendo Eric Acher (fundador da Monashees Capital), Humberto Matsuda (Performa Investimentos), Diego Gomes (Rocket Content) e sendo mediado por Magnus Arantes (presidente da Harvard Business Alumni Angels Brazil). Também falou o empreendedor serial e CEO do Grooveshark Andrés Barreto, que contou sobre suas experiências em diversos empreendimentos e respondeu dúvidas diversas dos participantes do evento. O encerramento contou com as palavras de André Barrence, CEO do Escritório de Prioridades Estratégicas do Governo de Minas e um dos principais responsáveis por fazer o SEED acontecer.

Para não nos estendermos, preferimos resumir o post do II DemoDay Minas apenas contando sobre como foi e deixando aqui o PDF sobre as startups disponível para download, pois acreditamos que esse é o ponto central do evento. Porém, esperamos, em posts futuros, explorar mais do que foi tratado, por exemplo, no Painel com investidores e na palestra do CEO do Grooveshark. Por enquanto, não exageraremos em conteúdo para que você, leitor, possa mergulhar e conhecer mais nossas startups. Conheça-as clicando aqui: Wylinka — II DemoDay Minas

E o fim da segunda rodada do SEED representa mais um passo desse sonho que é transformar o país desenvolvendo Instituições e Ecosistemas de Empreendedorismo e Inovação. E quando dizem ser utopia, lembramos de Paulo Freire, um dos maiores educadores que nosso país já teve:

“Se, na verdade, não estou no mundo para simplesmente a ele me adaptar, mas para transformá-lo; se não é possível mudá-lo sem um certo sonho ou projeto de mundo, devo usar toda possibilidade que tenha para não apenas falar de minha utopia, mas participar de práticas com ela coerentes.”

Vamos juntos?