SBQ Acelera desenvolve 9 soluções de base tech para desafios da indústria brasileira

O SBQ Acelera foi uma pré-aceleração para 9 times de cientistas, que transformaram suas pesquisas acadêmicas em modelo de negócio numa jornada de 11 semanas. O projeto foi realizado em parceria com o INCT Midas e com a Sociedade Brasileira de Química. O nosso objetivo foi, além da geração de negócios, inserir a cultura de empreendedorismo e inovação na comunidade científica. Para isso, contamos com o patrocínio das indústrias Rhodia Solvay e Oxiteno, que tiveram a chance de apoiar a ciência brasileira e abrir seus desafios para serem resolvidos pelas equipes aceleradas. O programa contou com a participação de times de todo o Brasil, com atividades presenciais em São Paulo e Belo Horizonte, além das consultorias remotas, essenciais para o apoio na jornada empreendedora.

 

O programa gerou sua 1ª parceria universidade-mercado em menos de 1 ano

Como foco principal, o SBQ Acelera capacitou cientistas e desenvolveu modelos de negócio de base tecnológica. Os 9 times apoiados também se conectaram com as indústrias patrocinadoras e outros atores do setor químico e de investimentos. Essas conexões geraram diversas oportunidades de negócios entre os acadêmicos e o mercado. A visibilidade para os projetos foi tão boa, que o time vencedor conseguiu fechar uma parceria de co-desenvolvimento com uma indústria de cosméticos em menos de 12 meses após o fim do programa. Para preparar os cientistas para conversar com o mercado e modelar negócios, oferecemos 110h de atividades, entre workshops, mentorias e consultorias de acompanhamento.

SBQ Acelera desenvolve 9 soluções de base tech para desafios da indústria brasileira

Novas oportunidades de apoio à pesquisa na conexão com o mercado

O programa foi desenhado para dar visibilidade a todo o potencial de inovação das pesquisas na área química e estimular cientistas de todo o Brasil a conectar seu conhecimento às demandas do mercado. O lançamento do programa coincidiu com as notícias de corte de investimentos públicos na ciência em 2019, o que impulsionou ainda mais nosso propósito de gerar alternativas para o desenvolvimento de projetos inovadores e proporcionar aos pesquisadores novos formatos de apoio ao seu trabalho. 

Além da união da base de pesquisadores da SBQ, com o conhecimento em empreendedorismo e inovação da Wylinka e os talentos do INCT Midas, contamos com o apoio da indústria química. As patrocinadoras Rhodia Solvay e Oxiteno cadastraram seis desafios tecnológicos para serem resolvidos na chamada e tiveram acesso aos projetos selecionados durante os 3 meses do programa. Além das indústrias, contamos com o apoio institucional da ABIQUIM e o apoio logístico do Sebrae, que ofereceu seu lab de inovação em São Paulo para os encontros imersivos.

A chamada de projetos foi aberta a times com membros filiados a SBQ em todo o Brasil. Avaliamos cerca de 40 tecnologias e aceleramos 9 projetos de pesquisadores do nordeste, sudeste e sul do país. Veja a lista dos 5 projetos finalistas que apresentaram seus pitchs no Demoday:

  • 1º CuraCicatri – Pesquisadora Líder: Raquel Alves – MG

Solução para processos de cicatrização com nanopartículas de ouro, que permite a regeneração da pele sem perda estética e funcional, podendo já ser aplicado em feridas abertas e reduzindo o tempo de tratamento.

  • 2º Agri4 Solutions – Pesquisador Líder: Leonardo Fraceto – SP

Solução em nano partículas para o setor agrícola que permite a liberação controlada de defensivos com o objetivo de aumentar a produtividade das culturas como milho e a soja, diminuir os danos ao meio ambiente e aumentar a segurança dos trabalhadores rurais.

  • 3º Nanocarbon – Pesquisadora Líder: Carolina Jauris – RS

Solução de filtragem de água a partir de nanopartículas de carbono com o objetivo de eliminar substâncias tóxicas provenientes de resíduos de medicamentos, drogas, agrotóxicos entre outros componentes encontrados nos sistemas de abastecimento de água.

  • 4º Inofarm – Pesquisador Líder: Ádley Lima – RN

Solução para a indústria cosmética a partir de uma fórmula inovadora de ácido ferúlico que permite aumentar a eficácia e a durabilidade de produtos anti-idade.

  • Finalista: mAgiCare – Pesquisador Líder: André Galembeck – RN

Solução a base de nanopartículas de prata para o tratamento de cáries que elimina o uso da broca, permitindo processos mais ágeis e eficientes para os dentistas e indolores para os pacientes.

Uma jornada de empreendedorismo aliado com ciência

O grande diferencial do projeto foi desenhar uma jornada de inovação focada no público de cientistas e pesquisadores, trazendo para a equação da modelagem de negócios as particularidades da inovação de base científica. As capacitações trouxeram – além dos conteúdos básicos de design de negócios – os aspectos jurídicos, a participação dos NITs, informações sobre propriedade intelectual, além de casos de sucesso de pesquisadores que empreenderam. Os eventos imersivos também contaram com a presença dos times de inovação, negócios e P&D das indústrias patrocinadoras, proporcionando uma troca de experiências muito rica com os participantes. 

A jornada durou 11 semanas e foi dividida em 3 fases:

SBQ Acelera desenvolve 9 soluções de base tech para desafios da indústria brasileira

Etapa 1- Mercado: os participantes deram o seu primeiro passo na jornada empreendedora mergulhando nos desafios do mercado e compreendendo o fit entre as demandas observadas e o potencial de negócio das suas tecnologias; 

Etapa 2 – Modelo de Negócio: validadas as dores de mercado e o potencial da tecnologia, os participantes modelaram seus negócios desenvolvendo produtos de base tecnológica; 

Etapa 3 – Validação: nesta fase, as equipes tiveram de testar os seus modelos apresentando suas ideias para o mercado. O programa terminou com um Demoday das 5 melhores ideias.

Durante essas três fases, os participantes se reuniram em dois eventos imersivos de 16h em São Paulo e um Demoday em Belo Horizonte. Além dos encontros presenciais, tivemos consultorias online semanalmente, com entregas de desafios para acelerar o desenvolvimento dos projetos. Os participantes também se conectaram com o mercado por meio de mentorias e webinários com especialistas e empreendedores. 

"Eu nunca havia participado de um evento de aceleração de startups, e não imaginava como seria. Sou bióloga, de um departamento que tem químicos e biólogos. Fiz minha inscrição porque trabalho com materiais para cicatrização e já trabalhava com isso há algum tempo. Entrei com a convicção de que não seria no final uma startup, mas hoje estou certa de que não vou mais fazer pesquisa só para publicar artigos e depositar patentes."
Raquel Alves

Pesquisadora vencedora do SBQ Acelera

“A gente entende que o programa tem um papel muito importante para a ciência no Brasil. Hoje, existem vários programas de aceleração de startups e até de interação com a indústria, mas quando você olha para o mundo químico, a gente sente uma falta de opções. Quando recebemos o convite, achamos muito interessante por atender essa necessidade da indústria química no Brasil. Os professores têm demonstrado muito interesse, tem escutado bastante a gente e vemos um aprendizado muito rápido do lado deles.”
Túlio Zozolotto

Gestão da Inovação na Oxiteno

    Converse com
    nosso time

    Clique aqui

    Conheça o nosso
    portfólio

    Faça o download