Como o conhecimento gerado nas universidades pode impactar a criação de negócios inovadores?

2. Logo

Pra responder a esta questão, o StartupTech teve como objetivo despertar o comportamento empreendedor e incentivar o desenvolvimento de ideias com uso intensivo do conhecimento de base tecnológica de estudantes de
graduação da UFMG com experiências e conhecimentos relacionados a negócios e tecnologia. Foi idealizado e desenvolvido pela Wylinka em parceria com o Núcleo Junior da UFMG e SEBRAE MG.

O programa teve a duração de quatro semanas, com as fases de Bootcamp, Sprint e Evento Final e a participação de 40 estudantes. No Bootcamp 20 ideias de base tecnológica foram criadas e 4 projetos desenvolvidos a partir destas foram selecionados para a fase de Sprint. No Sprint, que durou 1 mês, os projetos passaram por uma estruturação e amadurecimento, por meio de mentorias, cursos e apadrinhamento por uma empresa bem estabelecida que acompanhou cada projeto durante o período, oferecendo suporte e conectando-os com outros agentes ligados ao negócio. No Evento Final os projetos foram submetidos a uma avaliação por uma banca de especialistas e premiados com capacitações e subsídios para a sua evolução, sendo um deles a aprovação direta em um programa de aceleração.

Os projetos vencedores foram:

  • Hardware para otimização do controle na coleta de resíduos
  • Produto que viabiliza a mobilidade de cadeiras de rodas em terrenos irregulares
  • Novo processo na produção de vidros de alta demanda por precisão
  • Hardware para o desenvolvimento de uma nova interface braile

 

Os principais resultados do programa foram a geração de 3 potenciais negócios de base tecnológica em um mês e seu direcionamento para o fluxo de inovação. Além disso, 20 ideias de projetos foram geradas e 40 estudantes foram sensibilizados para o seu potencial empreendedor no uso do conhecimento de base tecnológica para a criação de soluções de alto impacto. Foi estimulada a participação de diversos agentes do ecossistema de inovação como apoiadores, mentores e avaliadores dos projetos. O StartupTech foi finalista do Prêmio de Empreendedorismo Inovador  da ANPROTEC em 2015.